Hidratar o bebê é preciso!

06/12/2019 0 Por Daniela Foltran

Hidratar o bebê é tão importante quanto alimentá-lo.

Alimentar nossos pequenos de forma adequada é muito importante para garantir um futuro mais saudável pra eles, porém, a gente costuma esquecer de um ponto muito importante, que é a hidratação.

A partir do momento em que iniciamos a introdução alimentar, precisamos oferecer água para nossos bebês. Vale lembrar que praticamente todos os processos metabólicos que ocorrem no nosso organismo precisam de água. Portanto, precisamos estar atentos para manter nossos filhotes hidratados.
E pra isso vou dar algumas pequenas dicas que podem ajudar nisso:
Primeiro precisamos pensar em que tipo de utensílios iremos utilizar para hidratar o bebê.

Hoje encontramos no mercado vários tipos de copinhos de transição que facilitam nossa vida. Há o copinho 360º que não derrama ao ser virado, os copos de bico rígido para evitar a confusão de bicos para os bebês que ainda mamam no peito, mas também é possível utilizar um copinho comum, a diferença entre eles está basicamente na praticidade que alguns oferecem sobre outros.

O diversos tipos de copo. Copo 360º, copo de bico rígido sem alça e com alça, copinho de vidro e copinho de plástico.

Depois de decidido se você vai usar algum copinho de transição ou não, é importante pensar em quanto de água precisa um bebê? A resposta mais correta para essa pergunta é que o bebê é quem sabe, sim os bebês conseguem definir a quantidade necessária de água para manter seu corpinho em pleno funcionamento, isso porque eles obtêm a maior parte da água que precisam do leite materno (ou da fórmula). O que mais importa é que os pais ou cuidadores devem sempre lembrar de oferecer.

Os bebês conseguem definir a quantidade necessária de água para manter seu corpinho em pleno funcionamento

A melhor maneira de oferecer, é sempre deixar o copinho com água em um local de alcance do bebê.

Os copos 360º ou com bico podem ficar em uma bancada, prateleira baixa ou algum ponto da casa em que ele possa alcançá-lo. Além disso, sempre que nós adultos tomarmos água, devemos oferecê-la para o bebê. Um aviso na porta geladeira também nos ajuda a lembrar dessa tarefa de hidratar o bebê que até pouco tempo atrás não existia, principalmente nos primeiros dias, logo depois vira rotina e a gente se acostuma, o que importa é que não deixemos de hidratar nossos pequenos, eles precisam e muito!

Lembre-se que o bebê precisa ser supervisionado sempre, seja tomando água ou se alimentando.

___

Esse texto é mais uma contribuição do Nutricionista Tharles Setti 
Acompanhe aqui as postagens dele.