Como montar o pratinho do bebê

18/10/2019 Off Por Daniela Foltran

Vamos de uma vez por todas tirar aquela dúvida do que deve conter no pratinho do bebê desde o início da introdução alimentar!⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

E o ideal é montar o prato com tudo separadinho também para o bebê já ir aprendendo a reconhecer o sabor de cada alimento e a textura.

Desde a primeira refeição do bebê o prato deve ser composto por 1 alimento de cada grupo.

Siiim, isso mesmo que você viu: desde o início, o pratinho do bebê deve conter as carnes, os ovos, os grãos… todos os grupos mesmo! 

Qual quantidade oferecer de comida ao bebê

Quando o bebê começa a IA, surgem as expectativas da família quanto a quantidade que o bebê irá comer – “será que ele vai raspar o prato?”, “será que essa quantidade é muita/pouca?”.

Diversas são as dúvidas, não é mesmo?! Ainda mais quando temos aqueles comparativos, como “o bebê da minha vizinha come tudo”.
Mas o problema todo está na expectativa criada pela família! Pois cada bebê é único, assim como cada adulto.
Então, o papel dos pais/responsáveis, é ofertar alimentos nutricionalmente adequados, ou seja, com qualidade ao bebê, pois a quantidade será ele quem vai definir – eles têm o mecanismo de regulação de saciedade muito bem definidos, sabem exatamente o quanto precisam, por isso não devemos forçar ou insistir ou mesmo chantagear.
Por isso, fique atento aos sinais de saciedade que o bebê demonstra e confie nele!


Os bebês têm o mecanismo de regulação de saciedade muito bem definidos, sabem exatamente o quanto precisam, por isso não devemos forçar ou insistir ou mesmo chantagear.

Esse texto é mais uma contribuição da Nutricionista Graziela Baladão. Acompanhe essa série informativa aqui.

Nutricionista Graziela Baladão
Mestre em Ciências da Saúde – Fundação Antônio Prudente
Especialista em Oncologia Pediátrica – UNIFESP/GRAACC
Aprimoramento em Pediatria – Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA)