Na Mídia

Empresária conta como mudou de carreira e abriu o negócio próprio

Empresária conta como mudou de carreira e abriu o negócio próprio Uma empresária paulistana resolveu trocar os tubos de ensaio de um laboratório por máquinas de costura, linhas e tecidos. Daniela Foltran tem uma empresa que produz babadores de bebê e contou sua história no VC no PEGN.

Trabalhar e cuidar de filhos: perrengues do home office de microempresários

Claudia Varella Colaboração para o UOL, em São Paulo 02/04/2020 04h00Atualizada em Pais empreendedores têm procurado conciliar sua rotina em tempos de coronavírus, para conseguir tocar os seus negócios e ainda cuidar dos filhos que agora ficam o dia todo em casa, por causa do fechamento das creches e escolas.

Maternidade impulsiona mulheres a empreender – São Paulo – Estadão

De uma ideia, necessidade ou vontade, nasce uma mãe empreendedora. A mudança geralmente vem acompanhada da busca por um trabalho mais flexível, satisfatório ou com melhor retorno financeiro. Os resultados são diversos: desde uma marca de sucos naturais para crianças até uma livraria especializada em autores negros.

Aurora Senhora – Mamãe Tagarela

“Idealizada por uma mãe de 3 que acredita na importância da AUTONOMIA, a aurora, senhora! oferece produtos que ajudam no controle da bagunça e ao mesmo tempo protegem as roupas das manchas de comida. Os babadores de vestir são amplos e oferecem maior proteção. Além disso, são super bem aceito pelas crianças, pois parecem uma …

Home office é solução para conciliar trabalho e cuidado de filhos – Filhos – iG

Mães optam pelo home office e conciliam rotina de trabalho mais tranquila com a maternidade. Veja as dicas de como fazer o home office funcionar.

10 marcas de mães empreendedoras – Just Lia | Por Lia Camargo

Muitas mulheres decidem rever suas carreiras quando se tornam mães. Os motivos podem ser vários: o desejo de ficar mais tempo com o bebê, um mercado de trabalho que não dá suporte, a paixão por esse novo universo, a necessidade de criar um produto infantil que não existe no mercado…

‘Feira Maternativa’ vem aí, com mimos para crianças e adultos, e mais de 30 mães empreendedoras

Reprodução/Naturais: sinergia de óleos essenciais Entra ano e sai ano, e o questionamento do fim do ano costuma ser o mesmo: “onde vou comprar os presentes de Natal?”. Aqui no Lunetas , acreditamos que essa escolha é um gesto político, afinal, fortalecer os pequenos produtores e marcas independentes é uma forma de contribuir com o consumo sustentável, além de estimular a economia criativa e colaborativa.

{Mamãe Empreendedora} Aurora, Senhora! | Lápis de Mãe

Hoje tem história especial em uma das colunas preferidas do blog. Amamos conhecer as mamães por trás das empresas que amamos e ver a força que elas têm para chegar onde estão e inspirar outras mamães a seguir em frente no empreendedorismo ao lado dos seus filhos.

Trajetória – De biomédica à aurora, senhora!

Desde criança interessava-me por entender o mundo. Cresci em sítio, passava os dias investigando as coisas. Queria saber como era um cupinzeiro. Olhava com curiosidade as vísceras dos animais abatidos. Questionava porque uma coisa era feita desta oudaquela maneira. O questionamento era um comportamento diário.

Mães contam como é trocar a carreira pelo empreendedorismo – Maternar

Flexibilidade nos horários, possibilidade de trabalhar em casa e acompanhar mais de perto o crescimento dos filhos. Esses são os principais motivos que levam mulheres a trocarem suas carreiras pelo empreendedorismo após a maternidade. Levantamento recente da Rede Mulher Empreendedora mostra que três em cada quatro mulheres que abriram um negócio tomaram essa decisão após a chegada dos filhos.

Mulheres contam como engravidaram naturalmente após fertilização e adoção

Do UOL, em São Paulo 14/01/2016 07h05 Muitos casais passam anos tentando ter um filho. O processo, geralmente, é desgastante e deixa os envolvidos frustrados com tantos testes de gravidez negativos. Alguns recorrem à adoção, enquanto outros buscam a fertilização, procedimento caro e que nem sempre dá certo.

“Como engravidei de gêmeos naturalmente depois de uma FIV”

Depois de perder um ovário e ter um cisto hemorrágico em outro, Daniela Foltran não tinha muitas esperanças de ser mãe e, por isso, decidiu se tornar embriologista, pensando em ajudar outras famílias a terem filhos. Mas, depois de uma fertilização in vitro, ela conseguiu engravidar da pequena Catarina, seu primeiro presente.